Informações / FAQ

O QUE É BIOCERAMICA?
Cerâmicas são produtos minerais obtidos por sinterização a altas temperaturas, com características físico - químicas específicas. Biocerâmicas são esses minerais sinterizados, inorgânicos e biocompatíveis. Assim, estão perfeitamente adequados para uso no organismo dos vertebrados vivos, pois são isentos de reações orgânicas indesejáveis, como processos inflamatórios e imunológicos e outros, eliminando o risco de doenças infecto-contagiosas entre outras.


QUAL A COMPOSIÇÃO BÁSICA DA BIOCERÂMICA OSTEOSYNT?

OSTEOSYNT® tem cerca de 65% de hidroxiapatita e 35% de tricálcio fosfato, além de traços de outros minerais necessários ao organismo, como magnésio, ferro, etc., os quais emulam sua própria matriz mineral.


OSTEOSYNT É OSTEOCONDUTOR?

Sim, porque sua geometria diferenciada e sua arquitetura interna e externa são reconhecidas como apropriadas às funções da matriz óssea humana, deflagrando o processo de osteogênese e a haptotaxia celular como arcabouço preferencial em razão da sua semelhança com o osso humano.


OSTEOSYNT É OSTEOINDUTOR?

Sim, pela sua capacidade de permitir a deposição de proteínas próprias do indivíduo, da quimiotaxia, da capilaridade e das tensões superficiais dos micro-poros e de sua geometria, pois a osteogênese é geométrico dependente, o que também caracteriza a osteoindução intrínseca do Osteosynt.


HÁ ALGUM TIPO DE REJEIÇÃO OU COMPLICAÇÃO PÓS-CIRÚRGICA?

Nenhuma. OSTEOSYNT® por si só não causa nenhuma reação indesejável em contato com o organismo por ser de origem mineral inorgânica e completamente biocompatível, além de ser semelhante à matriz mineral óssea dos vertebrados.


HÁ NECESSIDADE DE ADIÇÃO DE QUAISQUER OUTROS COMPONENTES?

Não. A utilização de OSTEOSYNT®, aliada à boa técnica cirúrgica, é suficiente para garantir os resultados almejados. Basta adicioná-la ou mantê-la em contato com o sangue autógeno medular do paciente, já que lá estão todos os componentes do próprio indivíduo. Isso elimina também os riscos de outras reações colaterais indesejáveis pela adição de substâncias necessárias à osteogênese, como proteínas, células, etc.


A BIOCERÂMICA OSTEOSYNT É REABSORVÍVEL NO CURTO PRAZO?

Não. Nem deveria, porque se o fosse ela se solubilizaria no curto prazo, e não a longo prazo, e portanto seria fagocitada em processos inflamatórios agudos. OSTEOSYNT® não é reabsorvível nem solúvel no curto prazo, e sim mais estável e permanente durante o processo de osteoindução até alcançar o estado do osso maduro, quando então passa a fazer parte do processo natural de renovação óssea do organismo. A biocerâmica é então cristalizada e solubilizada a longo prazo, pelo processo natural de substituição óssea de forma a garantir a forma e a composição do osso antes existente, através da ação dos Osteoclastos e Osteoblastos.


PORQUE USÁ-LA AO INVÉS DE MATERIAIS REABSORVÍVEIS NO CURTO PRAZO?

Talvez por conta de antigos conceitos ligados à utilização de transplantes, que causavam processos inflamatórios agudos para limpeza da sua parte orgânica, vem à lembrança os materiais reabsorvíveis a curto prazo. A disponibilização de biocerâmicas como OSTEOSYNT®, praticamente dispensa o uso de qualquer outro tipo de materiais reabsorvíveis, porque OSTEOSYNT® tem todos os elementos necessários ao processo natural de reconstrução óssea do organismo,, como a matriz mineral óssea, por exemplo, que permanece após a reabsorção daquela parte orgânica típica dos transplantes.


COMO SE APLICA OSTEOSYNT?

Chega a ser extremamente simples. A aplicação de OSTEOSYNT® é tão fácil que os profissionais que a usam dificilmente deixam de preferi-la em razão de outro produto. Mesmo podendo haver alguma dificuldade inerente às condições técnico-cirúrgicas de um ou outro caso, a aplicação da OSTEOSYNT® é simplíssima: basta manter a biocerâmica em contato com o osso sadio sangrante que contém todas as substâncias necessárias ao processo, mixando-a antes, se for a preferência, com sangue medular autógeno o que facilita a aglutinação dos grânulos, quando em partículas (grânulos), na proporção adequada (0.7ml/g). Como isso faz-se o preenchimento da área da lesão, compactando e mantendo a biocerâmica em confinamento para que OSTEOSYNT® produza seus efeitos, permitindo a revascularização da área e levando à formação de osso maduro viável através do complexo morfogenético ósseo a partir do OSTEOSYNT®.


EM QUANTO TEMPO HÁ FORMAÇÃO DE OSSO MADURO?

O processo de osteogênese é particular a cada indivíduo e às suas condições gerais, e depende do tamanho da lesão. Pode durar de 4 a 6 meses, ou até 2 anos em alguns casos. Conforme indica nossa experiência , os resultados são muito mais rápidos do que aqueles obtidos com outras técnicas até então utilizadas. Por ser rádio-opaco, pode ser perfeitamente acompanhado durante o processo, e a atividade fisiológica pode ocorrer em pouco tempo, dependendo do local da lesão e do esforço transmitido.


QUAIS AS CONDIÇÕES NECESSÁRIAS À OSTEOINDUÇÃO?

OSTEOSYNT® osteoinduz a partir das 3 condições básicas exigidas pela osteogênese:

1- O arcabouço fornecido por OSTEOSYNT®;
2- A presença das células-mãe específicas;
3- As BMPs propiciadas pelo sangue medular autógeno;
4- A proporção de 0.7ml/g de sangue medular mixado e o contato permanente com esse sangue que garantem, por si só, essas condições associadas à biocerâmica, constituindo-se na sede ideal para os osteoblastos iniciarem o processo


QUAL A IMPORTÂNCIA DA REABSORÇÃO E DA SOLUBILIZAÇÃO?

A neoformação óssea depende de uma estrutura que seja capaz de suportar o processo sem sofrer alterações físicas, até que se forme um osso maduro. Os materiais solúveis e/ou reabsorvíveis no curto prazo não permitem neo-formação óssea biológica e fisiologicamente compatível. Eles não oferecem condições para a deposição dos componentes necessários, pois havendo rápida reabsorção e/ou solubilização há desaparecimento do arcabouço e das condições locais exigíveis, como a resistência mecânica necessária deste arcabouço.


POR QUE USAR BIOCERÂMICA?

Pelas respostas acima fica esclarecido que a neoformação do tecido ósseo exige certas condições do organismo que são propiciadas pelas biocerâmicas, já que cada produto tem as características e propriedades necessárias. Além de levar à neoformação óssea esses materiais eliminam a possibilidade de transmissão de doenças infecto-contagiosas, auto-imunes ou degenerativas, sem levar a processos inflamatórios anormais. São facilmente disponibilizáveis, transportáveis e armazenáveis, e apresentam ótimas relações custo/benefício e risco/benefício.


POR QUE ESCOLHER OSTEOSYNT®?

Dentre os materiais biocerâmicos, OSTEOSYNT® foi o primeiro a obter registro nos órgãos competentes e a apresentar os resultados mais importantes. É a biocerâmica que está há mais tempo no mercado e que foi submetida às melhores avaliações. Há registros de estudos de casos em que esse material foi usado, tudo com comprovação técnica, científica e clínica. Normatizado e regulamentado, ele é hoje material de referência e seu uso está autorizado para o Sistema Único de Saúde.

 
 
2011 © Copyright Einco Biomaterial Ltda.