Osteosynt / Instruções de Uso

Instruções de Uso

  • OSTEOSYNT® deve ser preparado no local, aplicado em contato com o osso sadio, sangrante, após limpeza e retirado todo o tecido comprometido;
  • Preferencialmente deve ser mixado com sangue medular autógeno (do próprio paciente) e ou osso medular autógeno;
  • Pode também ser usado puro ou isoladamente;
  • Pode ainda ser associado à fibrina, concentrado de plaquetas, concentrado celular e derivados sanguíneos e/ou a aglutinantes próprios que permitam sua modelagem, de acordo com a indicação;
  • Suas características e propriedades físico-químicas indicam seu uso como veículo condutor e liberador de drogas como antibióticos, proteínas, quimioterapicos e outros.

Para uma evolução mais rápida e melhores resultados recomenda-se:

  • Punção de sangue medular (até 3,5 cm3 ou 3,5ml em cada punção) e associação com OSTEOSYNT® no próprio frasco de 5g, agitando-se o frasco por 4 a 5 minutos;
  • Cada grama de OSTEOSYNT® tem a capacidade de absorver imediatamente aprox. 0,7 cm3 de sangue medular, que contem todos os ingredientes autógenos necessários ao processo;
  • Preferencialmente deve-se puncionar sangue do ilíaco ou do fêmur porque tem mais volume de substâncias necessárias ao processo;
  • É fundamental o total preenchimento do espaço com boa compactação e a necessária contenção e estabilização da área.

Precauções:

  • O uso cirúrgico do OSTEOSYNT® deve ser restrito a profissionais habilitados, conhecedores das técnicas cirúrgicas e dos procedimentos indicados, uma vez que a aplicação de forma inadequada pode resultar em relativo insucesso e/ou migração do produto.
  • A avaliação pré-operatória, a correta indicação dos materiais e o emprego das técnicas cirúrgicas e procedimentos compatíveis, assim como o acompanhamento e controles pós-operatórios, são imprescindíveis para os resultados desejáveis.
  • O produto aberto em cirurgia e não utilizado completamente deve ser descartado conforme a legislação vigente para resíduos hospitalares. Quando vencido ou tiver a embalagem violada no distribuidor, deve ser descaracterizado antes do descarte.
  • PRODUTO ESTÉRIL EM ÓXIDO DE ETILENO (ETO).
  • USO ÚNICO.
  • NÃO REUTILIZAR.NÃO REESTERILIZAR.
  • NÃO UTILIZE SE A EMBALAGEM ESTIVER VIOLADA OU A VALIDADE ESTIVER VENCIDA.
  • ARMAZENAR EM TEMPERATURA AMBIENTE

Advertências

Para haver neo-formação óssea, são necessários em princípio, 3 fatores básicos:

  1. Existência de arcabouço;
  2. Existência de BMP´s (proteínas morfogenéticas);
  3. Existência de células específicas (células mãe).
  4. Na ausência de qualquer uma destas condições haverá o comprometimento dos resultados.

As complicações associadas às falhas nas técnicas cirúrgicas e procedimentos até agora registrados, tais como extrusão de partículas, migração de grânulos, deiscências de tecido mole, atraso na cicatrização não necessariamente podem comprometer os resultados clínicos. Este material é radiopaco, visível sob raio-x.

Aos pacientes: As atividades físicas são restritas durante o período de recuperação e devem ser avaliadas segundo o tipo de cirurgia, extensão da lesão e local de aplicação. Os prazos para deambulação podem variar de 03 a 06 meses, obedecidas sempre as determinações dos profissionais de acordo com o tempo necessário para neo-formação tecidual orgânica natural.

 
2011 © Copyright Einco Biomaterial Ltda.